Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dia 8 de setembro de 2021

18h30 - AUDITÓRIO SUL DA FEIRA DO LIVRO DE LISBOA - Conversa entre José Luís Peixoto, Isabel Lucas e Márcia, no âmbito do Prémio Livro do Ano Bertrand 2020 (atribuído a Regresso a Casa, na área da poesia, na votação de leitores e de livreiros).

19h30 - ESPAÇO DA PORTO EDITORA - Sessão de autógrafos com José Luís Peixoto

 

Dia 11 de setembro de 2021

15h - ESPAÇO DA PORTO EDITORA - Sessão de autógrafos com José Luís Peixoto

18h - AUDITÓRIO SUL DA FEIRA DO LIVRO DE LISBOA - Conversa entre José Luís Peixoto e Rui Nabeiro à volta do romance Almoço de Domingo

 

Dia 12 de setembro de 2021

15h - ESPAÇO DA PORTO EDITORA - Sessão de autógrafos com José Luís Peixoto

 

Captura de ecrã 2021-09-07, às 20.40.19.png

 

JLP IN SITU

12.08.21

José Luís Peixoto tem um novo projecto - JLP IN SITU - cujo conceito pode conhecer aqui:

www.joseluispeixotoemviagem.com/post/jlp-in-situ

 
Os textos desenvolvidos neste âmbito são partilhados online e nas redes sociais com o hasthag #jlpinsitu e podem ser lidos aqui.
 
 

Temas:

O livro Regresso a Casa, de José Luís Peixoto, foi distinguido com o Prémio Livro do Ano Bertrand na área da poesia, tanto na escolha dos livreiros, como na escolha dos leitores.

 

premio bertrand.jpeg

 

Regresso a Casa, o mais recente livro de poesia de José Luís Peixoto,  está disponível aqui:

 
Portugal
 
Brasil
 
México

 

Screenshot 2021-07-07 at 17.34.06.png

Dezasseis anos depois da sua estreia, aqui fica uma nova versão da peça de teatro À Manhã, de José Luís Peixoto.

Encenada por Margarida Cardeal e representada por participantes da Universidade Alcântara Senior, numa produção da Junta de Freguesia de Alcântara de Lisboa, conta também com a participação grupo coral AlCante Alentejano.

 

No dia 17 de junho de 2021, às 17h30 (hora da Suécia — 16h30 em Portugal), José Luís Peixoto participará numa conversa com Örjan Sjögren, tradutor sueco de Morreste-me (Du dog från mig), com moderação de Vera Faias Fonseca de Carvalho. 

Serão feitas leituras de excertos da obra na língua original, pelo autor, e em sueco, pelo tradutor. 

A atividade terá lugar na Universidade de Estocolmo (Romanska och klassiska institutionen). No entanto, devido às limitações de assistência, neste momento, só já é possível assistir online. 

As incrições para assistir a esta conversa e leitura deverão ser feitas AQUI

Clicar AQUI para mais informações.

 

morreste-me suécia.png

 

 

 

Em 2011, José Luís Peixoto esteve no Convento da Cartuxa, em Évora, na companhia do fotógrafo Tiago Miranda. Dessa oportunidade invulgar, nasceu a reportagem "A Vocação do Silêncio", que foi publicada na revista Única, do jornal Expresso, a 5 de junho de 2011 e que pode ser lida AQUI. 

CLICAR AQUI PARA LER.

Tiago Miranda.jpeg

 

A editora Septime Verlag acaba de publicar o romance Galveias, de José Luís Peixoto.

A tradução é de Ilse Dick que também traduziu o romance Cemitério de Pianos (Friedhof der Klaviere).

Galveias está publicado em 13 idiomas e encontra-se atualmente a ser traduzido para mandarim.

 

PEIXOTO_Galveias_300_CMYK.jpg

 

O livro Morreste-me, de José Luís Peixoto,  é publicado pela primeira vez no Bangladesh. 

Durante as últimas semanas, o livro tem sido publicado capítulo a capítulo no jornal Bangla Tribune (ver aqui) e, em junho, ficará disponível em livro.

Screenshot 2021-05-25 at 11.47.38.png

Morreste-me é o primeiro livro do autor. Publicado pela primeira vez em Portugal em 2000, está atualmente traduzido em 20 idiomas.

 

 

Olho para o livro que me emprestaste

e que nunca devolvi. Também ele olha para mim.

Tem as marcas da tua leitura, certos vincos

no branco das páginas, manchas subtis e difusas

como nuvens, restos das tuas mãos ou do teu olhar.

Espero que não penses sobre mim o que penso

sobre as pessoas que nunca me devolveram

os livros que emprestei. O que pensarás tu

sobre mim? Nunca li o livro que me emprestaste,

preferi sempre imaginá-lo. Suponho que ainda

se sinta estrangeiro entre os meus livros,

mas agora é demasiado tarde para devolvê-lo,

há tanto tempo que não falamos, não sei

se ainda guardo o teu número de telefone.

O que pensarias se agora,  a despropósito,

te quisesse devolver o livro? Havias de pensar

que queria alguma coisa. Sabes, fico com o teu

livro porque não quero nada. Provavelmente,

nunca te devolverei este livro, fará parte do

meu espólio, é a última ligação que temos.

 

José Luís Peixoto, in Regresso a Casa

 

 

O mais recente livro de poesia de José Luís Peixoto, está disponível aqui:

Portugal
 
Brasil
 
México

Los días 9, 10 y 11 de mayo, José Luís Peixoto participará en las siguientes actividades en Barcelona:

 

 - 9 mayo - 12h00 (11h portugal) - Casa La Pedrera: Diàleg sobre el futur d' Europa: el paper de la cultura, con José Luís Peixoto, Pilar del Río y Lana Bastasic

Transmisión en vivo aquí: https://www.youtube.com/watch?v=YZoFTkcc2QQ

 

 - 10 mayo - 18h30 (17h30 portugal) - Centre de Cultura Contemporània de Barcelona: La ousadia del futuro, con José Luís Peixoto y Eva Piquer

Transmisión en vivo aquí: https://www.cccb.org/es/actividades/ficha/conversacion-con-jose-luis-peixoto-y-eva-piquer/235654

 

 - 11 mayo - 19h00 (18h00 portugal) - Biblioteca Francesca Bonnemaison: Periferias de Europa: mundo eslavo y Portugal, con José Luís Peixoto, Marta Rebón y Albert Lladó

Transmisión en vivo aquí: https://www.youtube.com/watch?v=Zf5V2JOfsow

 

autobiografia.jpeg

Portada-Camino-Imperfecto-Peixoto.png

 




papéis jlp
Arquivo de recortes sobre José Luís Peixoto e a sua obra.


todos os vídeos








Perfil SAPO

foto do autor