Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

publicado às 17:53


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Briseis a 20.02.2012 às 00:07

Queridíssimo Zé Luís, eu queria tanto ler...! Mas tenho medo! Eu, que chorei inúmeras vezes a ler "Abraço", não posso atirar-me a esta empreitada...
Sem imagem de perfil

De Jéssica a 24.02.2012 às 21:57

Excelente Trabalho.
Sem imagem de perfil

De Maria Emília Dias a 29.02.2012 às 16:28

Para si, José L. Peixoto
Não tenho palavras, essas pertencem-lhe! Com as suas palavras invento mundos e sonho. Espero ler este seu 1º livro, assim como tenho lido outros. "Cemitério de Pianos" o que mais amei.
«... então, pensava que havia uma parte do meu pai que permanecia em mim e que entregava aos meus filhos para que permanecesse neles até que um dia a começassem a entregar aos meus netos.
... repetíamo-nos e afastávamo-nos e aproximávamo-nos. Éramos perpétuos uns nos outros. ...» Estas suas palavras estão relacionadas com o tema da morte e são para a "dor" apaziguadoras. Lembre-se todos os dias que há sempre alguém que precisa da sua escrita. Por todos os momentos inesquecíveis com que ilumina a minha vida o meu mais sincero OBRIGADO!

Comentar artigo




Instagram


papéis jlp
Arquivo de recortes sobre José Luís Peixoto e a sua obra.

projecto moldura

todos os vídeos





(confidencial)


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



page contents





Perfil SAPO

foto do autor